Sexta-feira, 13.04.12

Salut!

Ora bem, pensavam que tinha emigrado? não, apenas me ausentei por breves instantes (4 anos) para ir comprar tabaco.

Pois bem meus amiguinhos e amiguinhas, o sapo da má lingua está de volta!

serve este Post,para anunciar o regresso, tal como o anunciado e desejado D. Sebastião vindo do norte de Africa. O Frog tá de volta!

Saude-se este regresso com Champagne prós sem abrigo, deem graças ao Senhor, anunciem em todas as redes sociais.

 

Eu nem queria, mas com tanta coisa nova que tem sucedido neste nosso cantinho à beira mar plantado, fui obrigado a voltar ao circulo de más linguas.

voltei para apontar o dedo (nalguns casos espetá-lo nos olhos de alguns).

 

tenham medo...muiiiiiiiiiitttoooooooo meeedddddoooooooooo!!

 

como não podia deixar de ser... Gregos ou Troianos... Fiquem bem!



publicado por pjohnny às 10:01 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 25.09.08

 

Aquele senhor a quem passaram o diploma de engenheiro num Domingo. Veio ao parlamento vangloriar-se que ia aumentar as contribuições a idosos, porque, para viver em Portugal, 400€ é o suficiente. Concordo, ao preço que as coisas estão, realmente 400€, para quem: não paga casa, carro, água, luz, gás, telefone, não come nem bebe… serve perfeitamente.

 

Os abonos também vão aumentar, disse esse ilustre engenheiro. Imagino que a partir de agora, os pais já consigam comprar um pacote de fraldas sem ter de mexer no ordenado.

- Ò sôr Engenheiro… acorde pra vida por favor!

 

Claro que sou obrigado a falar do tema mais badalado no momento, a insegurança que se vive no país.

Ora muito bem, temos de ver as coisas pelo lado positivo, a nossa criminalidade aumentou é certo, mas como somos uns gajos porreiros temos ajudado a que no Brasil essa taxa de criminalidade tenha diminuído drasticamente, os bandidos vêm todos para cá!

 

Outro tema quente é o próximo derby futebolístico que se aproxima, muito se tem falado das ausências de jogadores influentes em ambas as equipas, mas estou certo que será um grande jogo de futebol entre o Lagameças e o Botafogo, ainda para mais que o Lagameças aumentou o prémio de jogo, em vez de sandes de courato e um Sumol os jogadores se ganharem levam para casa um pacote de batata frita pala-pala cada um.

 

E é o que tenho para vos dizer esta semana…

 

 



publicado por pjohnny às 13:46 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 28.07.08

Limpeza étnica

O homem, jovem, movimentava-se num desespero agitado entre um grupo de mulheres vestidas de negro que ululavam lamentos. "Perdi tudo!" "O que é que perdeu?" perguntou-lhe um repórter.

"Entraram-me em casa, espatifaram tudo. Levaram o plasma, o DVD a aparelhagem..." Esta foi uma das esclarecedoras declarações dos auto desalojados da Quinta da Fonte. A imagem do absurdo em que a assistência social se tornou em Portugal fica clara quando é complementada com as informações do presidente da Câmara de Loures: uma elevadíssima percentagem da população do bairro recebe rendimento de inserção social e paga "quatro ou cinco euros de renda mensal" pelas habitações camarárias. Dias depois, noutra reportagem outro jovem adulto mostrava a sua casa vandalizada, apontando a sala de onde tinham levado a TV e os DVD. A seguir, transtornadíssimo, ia ao que tinha sido o quarto dos filhos dizendo que "até a TV e a playstation das crianças" lhe tinham roubado. Neste país, tão cheio de dificuldades para quem tem rendimentos declarados, dinheiro público não pode continuar a ser desviado para sustentar predadores profissionais dos fundos constituídos em boa fé para atender a situações excepcionais de carência. A culpa não é só de quem usufrui desses dinheiros. A principal responsabilidade destes desvios cai sobre os oportunismos políticos que à custa destas bizarras benesses, compraram votos de Norte a Sul. É inexplicável num país de economias domésticas esfrangalhadas por uma Euribor com freio nos dentes que há famílias que pagam "quatro ou cinco Euros de renda" à câmara de Loures e no fim do mês recebem o rendimento social de inserção que, se habilmente requerido por um grupo familiar de cinco ou seis pessoas, atinge quantias muito acima do ordenado mínimo. É inaceitável que estes beneficiários de tudo e mais alguma coisa ainda querem que os seus T2 e T3 a "quatro ou cinco euros mensais" lhes sejam dados em zonas "onde não haja pretos". Não é o sistema em Portugal que marginaliza comunidades. O sistema é que se tem vindo a alhear da realidade e da decência e agora é confrontado por elas em plena rua com manifestações de índole intoleravelmente racista e saraivadas de balas de grande calibre disparadas com impunidade. O país inteiro viu uma dezena de homens armados a fazer fogo na via pública. Não foram detidos embora sejam facilmente identificáveis. Pelo contrário. Do silêncio cúmplice do grupo de marginais sai eloquente uma mensagem de ameaça de contorno criminoso - "ou nos dão uma zona etnicamente limpa ou matamos." A resposta do Estado veio numa patética distribuição de flores a cabecilhas de gangs de traficantes e auto denominados representantes comunitários, entre os sorrisos da resignação embaraçada dos responsáveis autárquicos e do governo civil. Cá fora, no terreno, o único elemento que ainda nos separa da barbárie e da anarquia mantém na Quinta da Fonte uma guarda de 24 horas por dia com metralhadoras e coletes à prova de bala. Provavelmente, enquanto arriscam a vida neste parque temático de incongruências socio-políticas, os defensores do que nos resta de ordem pensam que ganham menos que um desses agregados familiares de profissionais da extorsão e que o ordenado da PSP deste mês de Julho se vai ressentir outra vez da subida da Euribor.

 

 MArio crespo



publicado por pjohnny às 15:38 | link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quarta-feira, 02.04.08

Sou a dizer que as mulheres deviam ser banidas do futebol. A proibição de mulheres nos estádios, devia ser obrigatória e irrevogavél.

e porque é que eu digo isto? simples muito simples.

1ª) Ora bem nos tempos em que as mulheres não iam aos estádios, as equipas e mais concretamente os jogadores só se preocupavam em jogar à bola. Agora, estão mais preocupados com o cabelo e com o suposto estilo do que com outra coisa qualquer.

E de certeza que essa preocupação não se deve aos homens (em alguns casos claro).

2º) Antes um jogador que levava uma cacetada, levantava-se imediatamente para ir atrás do outro, caso contrário era apelidado de : "maricas! " ou "levanta-te o futebol é para homens." agora só fazem é deitar-se à menor pancadinha e ficam-se a queixar, até fazem carinha de choro. Isto porque desde que as mulheres apareceram nos estádios eles querem parecer gajos sensiveis para as agradar

se não houver fractura exposta está pronto pa continuar

3º) Um gajo nos bons velhos tempos ia à bola e era alhos e bogalhos para todo o lado, agora se um gajo diz uma asneirinha insignificante como "o arbitro é um filha da Pu..." chamam-no logo à atenção porque estão senhoras no estádio.

Mas que merda é esta? qualquer dia só se ouvem gritos histéricos nos estádios e os jogadores em vez de serem pagos pelo talento, são pagos pela suposta beleza e mais uma vez pelo "estilo".

Ai o que eu gosto desta palavra "estilo".

e mais não digo se não ainda pensam que sou machista!

ps: Alice tira o Halls da boca



publicado por pjohnny às 14:24 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 27.03.08

Sou obrigado a defender a minha geração rasca!

Não somos só "nós" os culpados dos putos de hoje em dia, serem uns cocós. Que eu me lembre, no "meu" tempo, (já pareço a cota dos anúncios do modelo) não éramos "injectados" constantemente com propaganda de consumismo, pelo menos não tanto! Eu ficava contente, quando a minha mãe me oferecia um simples carrinho. Agora, se não tiver bateria e comando à distância, não presta!

Quando recebia uma bola de futebol nova, os meus amigos não gozavam comigo, por a mesma não ser da nike, adidas ou de outra marca qualquer, queríamos era largar-lhe logo umas biqueiradas.

Hoje, se um puto aparece na escola e não veste roupa de marca, ou se não tem uma playstation, é considerado pelos outros como um anormalzinho, é gozado, posto à parte etc., etc.,

Quanto à demasiada protecção que é dada aos miúdos, em parte também a entendo, antes ficava na rua até as tantas a jogar as escondidas, por exemplo, e o único perigo que corria era o de me ir esconder em algum quintal com cão. Hoje não, infelizmente o nosso país não é seguro, como era antigamente. Daí também a necessidade de os pais, em arranjar algo que entretenha os putos em casa.

Mas voltando à defesa da dita geração rasca, que a grande parte dos que aqui vêem pertencem, já o meu avô dizia que no tempo dele é que era, assim como o diz o meu pai. E eu não vou fugir à regra... no meu tempo é que era!

 



publicado por pjohnny às 16:34 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 06.02.08

Qualquer gajo que se preze gosta que lhe façam um bico...É assumido, é natural, não ha que ter vergonha e acima de tudo é bom!

Mas a maior vantagem é que, no bico, um gajo tá sempre safo.Isto porque a taxa de sucesso depende sempre da moçoila que nos abocanha o marsapo.Se um gajo se vem é porque ela soube trabalhar bem a coisa, mas se um gajo, (ou porque está preocupado com os processos que s'acumulam na secretária, ou porque tem de pagar a prestação da casa e o dinheiro começa a escassear ou até mesmo porque está a programar a festa d'aniversário do seu casamento e não quer que falte nada á esposa) não consegue dar a bufadela peganhenta, pode sempre dizer que a culpa é dela "-Ah e tal essas aftas arranham-me a glande!" ou "-Esse buço espeta-se-me no baixo ventre e magoa-me querida...!"

O importante é que um gajo tá sempre descansado...Pode inclusivamente estar a vêr o jogo do Glorioso e a beber uma bjeca enquanto a chavala desfruta da sua massagem amígdalitica! Mas o que me trouxe ao vosso "conbíbio" foi a intenção de partilhar convosco a última obra d'arte no que ao broche diz respeito: O Broche "Hall's Mentoliptos".

O "Broche Hall's..." não necessita de grande preparação...Eu próprio fui apanhado de surpresa! Uma amiga minha, aqui ha dias, convidou-me pra ir tomar café a casa dela.Depois do café, levantou-se e foi buscar um cartucho de "Hall's".Vou passar á frente aquela parte sempre chata pra quem ouve estas histórias e avanço já prá parte em que ela se debruçava sobre o busilis da questão...Nada d'especial não fosse o facto de estar com o rebuçado na boca...Aquela merda é realmente -e como diz a publicidade-refrescante! Alguns podem pensar que de tanto esfregar o rebuçado na piroca aquilo pode adormecer...mas não!A minha amiga é por acaso muito competente na arte de...orar , e alternou a passagem da lingua com o rebuçado na pele sensivel do "zéquinha"...E quando soprava...ai jesus!!Aquele fresquinho a entrar pela piroca adentro....!!!

Um unico senão...Não a deixem salivar prá vossa pintelheira...Ou então rapem-se antes!!!É que quando a baba se mistura c'os pintelhos...nem vos conto!Os gajitos ficam todos entrelaçado e quase é preciso um maçarico para os desenrolar... Experimentem!



publicado por Pintelho Marciano às 15:10 | link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Sexta-feira, 01.02.08
0001.jpg


Ora muito bem.
Decidi, prestar um esclarecimento do porquê de ter estado tanto tempo, sem opinar, quer no blog, (que deixou de funcionar, sabe lá deus porquê?) quer em qualquer outro local, onde me fosse possível debitar letras juntinhas que formam palavras, que por sua vez, formam frases que fazem textos, que resultam numa composição gramatical de: nomes, pronomes, verbos, adjectivos de toda e qualquer espécie e outras coisas que compõem toda a estrutura da literatura e não só…!?
A minha ausência deve-se então ao facto de pura e simplesmente, ter descoberto num período onde as vicissitudes da vida me forçaram a um intercalar de actividades muito superior ao que estaria certamente à espera. Ter feito uma retrospectiva, sobre os grandes problema que abalam todo e qualquer ser racional.
Eu sei meus amigos. Que isto era mais do que suficiente para que estivesse perante vós perdoado!
Pelo período que vos fiz esperar e até na maioria dos casos, desesperar. Pelos meus textos, opiniões, conselhos e exemplos, todos eles sempre válidos. (conforme comprova, um estudo completamente independente, feito pela universidade autónoma de Alcabideche – de – cima) só vos posso pedir o mais profundo perdão.
Mas como todos vos certamente compreenderão. Estive todo este tempo sem vos “dar” uma palavrinha de conforto… (e agora de certeza que todos já sabem porquê) porque tive coisas melhores para fazer.


Gregos ou troianos…


publicado por pjohnny às 13:38 | link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Quarta-feira, 08.03.06
Não podia deixar passar....


Para quem não viu o filme , eu trato já de resumir :
- tudo sobre dois cowboys que um dia descobrem que são rabetas !
E conversa puxa conversa , quando dão por eles já se estão a escavacar um ao outro.
Desenvolvendo , estes dois cowboys , vão para a montanha pastar ovelhas ; depois aquilo até começa a nevar e não sei o quê ; e os gajos estão lá sózinhos
e isolados ; e vem um Ah, e tal ...tá frio não tá ?! e o outro Ah, pois , tá a cair aquela nevezinha molha-parvos , que é assim fraquinha , mas é fria ... .
Bom...comecam com esta conversa meteorologica e ... pumba, quando dão por eles, tão-se a canibalizar ... Dai o nome do filme Brokeback Mountain ( em Portugues Dobra-a-espinha na Montanha ) .
Ora, pergunto eu , não havia mais nada para achincalhar ?! Com os cowboys ?!
Isto são gajos que são suposto serem duros. Quer dizer que os cowboys quando estão lá a conduzir o gado e a gritar e a assobiar , é treino pra gemerem melhor logo à noite ?! E quando andam nos Rodeos aos saltos em cima de touros bravos ?! é p'ra tonificar as nádegas ?!
Eu fartava-me de brincar aos cowboys quando era puto e agora vem estes gajos e destroem o futuro de biliões de criancas que estão por nascer que, a partir de agora , não vão querer brincar aos cowboys porque isso é brincadeiras de limpa- fundos (e eu não estou a falar de peixinhos de aquário aqui ) .
Já tou a ver um Chiquinho qualquer :
Paulinho ! ...vamos brincar aos cowboys ?!
Foooooosga-se !!!! Vai tu ...
Cowboys larilas ?! Isto só podia ter nascido da cabeça de um chines enfezado como aquele Ang Lee, que tá-se mesmo a ver o que é que ele quer ...
Aquilo é gajo pra ter um quinta com 200 cavalos presos há 8 meses com uma corda nos estábulos e com uma fotografia da Miss égua 2005 em frente as ventas p'ra que fiquem todos a relinchar e a escavar o chão à espera de acção. assim que entrar o Ang Lee , com uma dor nas costas ...
É que se esta porra pega , um dia destes temos ai um Manuel de Oliveira qualquer com um Dobra-a-espinha na Leziria com dois campinos a cruzarem olhares gulosos...


publicado por pjohnny às 15:28 | link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito

Segunda-feira, 13.02.06
Bem...
Ha já algum tempo que não escrevia para o blog (o ultimo artigo foi de um amigo) e para ser sincero ando com pouca vontade de escrever....
Mas não podia deixar de escrever qq coisita relacionado com o tema que tantos e tantos comentários tem proporcionado!
Assim sendo, tenho a dizer (ou a escrever) que relativamente ás recordações que me despertaram, acho de uma enorme injustiça não se falar dos "Jovens Heróis de Shaollin", ou do sabonete "Feno", do restaurador capilar "Olex", ou da Balada de Hill Street...Mas enfim...este mundo tá cheio de injustiças...
Em relação á chavalada.....aí posso falar com algum conhecimento visto ser pai de um chavaleco que vai fazer 7 anos...(pelo menos recebo o abono...)
Obviamente que nenhum de nós deixará de dar tudo aquilo que puder aos filhos, tal como os nossos pais o fizeram...A grande diferença é que tudo o que podemos agora, nada tem a vêr com tudo o que os nossos pais puderam...
De uma vez por todas, tenham a consciência de que nós só brincávamos nas árvores e não jogávamos PS2 pq não tinhamos PS2...Nós bricávamos com a casca d'ovo em vez do capacete dos Power Ranger's, apenas pq não havia Power ranger'...Nós víamos o Dartacão e o Tom Sawyer pq eram os desenhos da altura...Perguntem aos vossos pais o que significa para eles o Tom Sawyer...ou o D'artacão...ou o Verão Azul????Provavelmente significa tanto como o Bonanza, a 1ª série do Santo para nós...Mas atenção...que mesmo a essa pergunta a maioria irá responder...."No meu tempo não havia televisão"....
Por isso não é de estranhar que a miudos de 20 anos nada signifique ouvir "Tu andas sempre descalço Tom Sawyer, Junto ao rio a passear...Tom Sawyer"...pq a vcs tb nada vos diz os acordes iniciais do Bonanza com o Michael Landon (sim....aquele do Anjo na Terra) qd era chavalito....
Resumindo....
O tempo passa e o mundo gira....O passado é belo, mas é para recordar....
O futuro....é incerto...Deixem os putos fazer dele o que quiserem!



PS- Repararam bem que escrevi este artigo sem escrever um unico palavrão????Ando ou não a esforçar-me????


publicado por pjohnny às 16:21 | link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Sexta-feira, 03.02.06
FEA-THIRD.jpg

Apesar de concordar com muito do que aqui foi escrito, sou obrigado a defender a minha geração rasca!
Não somos só "nós" os culpados dos putos de hoje em dia, serem uns cocós. Que eu me lembre, no "meu" tempo, (já pareço a cota dos anúncios do modelo) não éramos "injectados" constantemente com propaganda de consumismo, pelo menos não tanto! Eu ficava contente, quando a minha mãe me oferecia um simples carrinho. Agora, se não tiver bateria e comando à distância, não presta!
Quando recebia uma bola de futebol nova, os meus amigos não gozavam comigo, por a mesma não ser da nike, adidas ou de outra marca qualquer, queríamos era largar-lhe logo umas biqueiradas.
Hoje, se um puto aparece na escola e não veste roupa de marca, ou se não tem uma playstation, é considerado pelos outros como um anormalzinho, é gozado, posto à parte etc., etc.,
Quanto à demasiada protecção que é dada aos miúdos, em parte também a entendo, antes ficava na rua até as tantas a jogar as escondidas, por exemplo, e o único perigo que corria era o de me ir esconder em algum quintal com cão. Hoje não, infelizmente o nosso país não é seguro, como era antigamente. Daí também a necessidade de os pais, em arranjar algo que entretenha os putos em casa.
Mas voltando à defesa da dita geração rasca, que a grande parte dos que aqui vêem pertencem, já o meu avô dizia que no tempo dele é que era, assim como o diz o meu pai. E eu não vou fugir à regra... no meu tempo é que era!


publicado por pjohnny às 21:52 | link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

falar de tudo não dizendo nada!
mais sobre mim
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Voltei, voltei...voltei d...

Actualidades

limpeza etnica

Mulheres fora do Futebol

no meu tempo é que era (r...

Halls Mentholiptos

voltei voltei....

Brokeback Mountain

Gerações???Mas que geraçõ...

no meu tempo é que era!

arquivos

Abril 2012

Setembro 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

blogs SAPO
subscrever feeds