Terça-feira, 4 de Janeiro de 2005
Olá a todos! Gregos ou Troianos, espero que a passagem de ano, tenha corrido a todos de feição. A minha, claro está, foi passada de forma agitada e em fantástica companhia.
Juntámos um grupo de amigos, alugámos uma auto-caravana e fomos direitinhos a Vila nova de mil fontes. A caminho passámos por Sines, e fomos almoçar a um restaurante de seu nome Estrela-do-mar, que na minha opinião tem a melhor feijoada de búzios do país, e posso dizer-vos que tenho comido da dita feijoada em tudo o que é zona costeira de Portugal, e realmente ainda não encontrei melhor.
Saciados que estávamos, pois para além de saborosa a feijoada é muito bem servida, voltámos à estrada, eu como condutor do veículo não bebi nada. Quer dizer, bebi um copinho de vinho tinto. Que feijoada sem vinho, é como a relva do estádio de Alvalade. (não se parece com nada). Bem, continuemos. Assim como nós continuámos com a nossa viagem que por sinal correu muito bem.
Chegados a Vila nova, caravana estacionada junto ao mar, era a minha vez de me vingar daqueles desgraçados que vieram comigo! Ah pois! Então não é que aqueles gajos estavam todos bêbados quando chegámos. Vieram o caminho todo a emborcar cerveja e eu nada!
A noite aproximava-se e era tempo de pensar no jantar de fim de ano. Como sou conhecedor da zona, fui incumbido de fazer a escolha do restaurante... pensei, pensei... voltei a pensar, sim porque após umas litradas de cerveja um gajo tem dificuldade em pensar muito, MARISQUEIRA!!!! Mai nada, é mesmo para aí que vamos!
E assim foi, liguei ao filho do dono, meu bom amigo Ricardo, mais conhecido naquelas paragens como Ricapica. (e não me perguntem porquê.) e pronto mesa para cinco.
Banho tomado, todos aperaltados a rigor, (calças de ganga e ténis) lá fomos para a dita marisqueira. Tal não é o meu espanto, que deparo à entrada da marisqueira, com um grupo de seis pessoas, todos meus amigos! Ena, ena isto promete. Juntámos as mesas, comemos, bebemos depois comemos e bebemos a seguir comemos qualquer coisa e bebemos uns copos. Escusado será dizer que por volta das meia-noite estava tudo alcoolicamente bem disposto, e que só demos por ser dia um de Janeiro já passava da uma da manhã, e foi porque o dono do restaurante nos disse simpaticamente –“ponham-se a andar que eu quero ir curtir!” claro que não colocámos qualquer objecção em sair desde que ele nos desse uma garrafita de whisky. Coisa que ele amavelmente respondeu “ou saem já ou chamo a policia!” claro que perante tamanha gentileza fomo-nos embora uns a cambalear mais que os outros, mas lá fomos caminhando direito a tudo o que eram bares.
Continua!


publicado por pjohnny às 18:01 | link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Cass... a 5 de Janeiro de 2005 às 20:59
Feliz Ano Novo Pj ! :)


Comentar post

falar de tudo não dizendo nada!
mais sobre mim
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Voltei, voltei...voltei d...

Actualidades

limpeza etnica

Mulheres fora do Futebol

no meu tempo é que era (r...

Halls Mentholiptos

voltei voltei....

Brokeback Mountain

Gerações???Mas que geraçõ...

no meu tempo é que era!

arquivos

Abril 2012

Setembro 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

blogs SAPO
subscrever feeds