Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2005
Hoje apetece-me escrever uma coisa séria..
Hoje não me apetece escrever com a intenção de vos fazer rir (pelo menos é essa a intenção que tenho quando escrevo neste blog...nem sempre bem sucedido é um facto)...
Hoje estou triste...
Hoje estou realmente triste...
Hoje estou triste e desiludido...
Hoje quero escrever para uma pessoa que talvez nunca me venha a conhecer...que talvez nunca tenha oportunidade de conhecer outras pessoas ...que talvez nunca tenha oportunidade de brincar...de rir...de crescer...
Hoje quero escrever para a Fátima...
Hoje quero escrever para a Fátima mesmo sabendo que ela não vai poder lêr...
Hoje quero mostrar que tenho vergonha de pertencer a uma sociedade que permite que a Fátima e outros como ela, sofram ás mãos dos que a deviam proteger e amar mais que qualquer outro...
Hoje quero escrever para aqueles que, sabendo do que se passava (fosse ou não tão grave quanto se veio a provar) nada fizeram para evitar a dor da Fátima...
Se Deus quiser (esta expressão perde todo o sentido quando me lembro da Fátima) a Fátima vai um dia saber que muito se falou dela...
Mas a Fátima também vai saber que funcionamos por ciclos...
Hoje estamos revoltados com o que lhe aconteceu...
Antes de ontem estávamos revoltados com o que tinha acontecido ao Chefe Sérgio Martins da PSP...
Amanhã já não nos vamos lembrar do Chefe Sérgio Martins...
No segunda já não nos vamos lembrar da Fátima...
Mas eu pelo menos faço questão de olhar para o meu filho, dar-lhe um beijo e dizer o quanto o amo...
Mas hoje só quero dizer que tenho vergonha de lêr a história da Fátima...
Hoje quero perceber como foi possível tamanho falhanço?
Hoje gostava que me mostrassem como é possível que um bebé (com 1 mês e três semanas e 3,6kg) é hospitalizado três vezes, é seguido pela Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, e acaba por entrar em coma com claros sinais de maus tratos severos e abuso sexual???
Hoje quero escrever para a Fátima...mas queria muito mais escrever um final feliz para a história dela...
Hoje quero acreditar que o caso da Fátima seja o limite (intolerável)...
Hoje quero acreditar que amanhã não estaremos a falar da Maria, do Pedro, da Inês ou do Bruno....
Mas a verdade é que há cada vez mais Fátimas...Joanas....Vanessas....


publicado por pjohnny às 13:17 | link do post | comentar | favorito

11 comentários:
De Maria a 10 de Janeiro de 2006 às 14:26
Obrigada pela coragem de escreveres sobre este tema num blog destes e da forma como foi escrito! É de coragem!!! Marcas a diferença a olhos luz!
Kiko
Maria


De susana a 23 de Dezembro de 2005 às 13:54
Realmente é intolerável... mas cada vez mais se vêem noticias semelhantes. E as comissões de protecção devem ter sido todas escolhidas a dedo. Responsabilidades, culpas?! Nunca são de ninguém...


De fdarkeyes a 21 de Dezembro de 2005 às 14:34
...... um bom natal para ti Primo! Como diria ou pensaria a Fátima se o pudesse dizer ou pensar..."a merda da vida não é nada fácil!"


De Passo a 19 de Dezembro de 2005 às 20:02
:((((((((( numa sociedade dita moderna faz-me confusao como estas merdas ainda acontecem ... :((( sem mais palavras


De Crowe a 19 de Dezembro de 2005 às 19:11
Acho que usaste as palavrinhas todas... aliás acho que aquelas que consideramos asneiras, e me disseram tanta vez que quando magoados são o mesmo que uma prece, não ficavam aqui mal!Agradeço-te as ideias... talvez assim menos esqueçam e o ciclo se prolongue!


De pluma(princesavirtual) a 16 de Dezembro de 2005 às 21:59
pois (no comments) :(


De Coral a 16 de Dezembro de 2005 às 13:31
Na verdade, só podemos dizer que certas coisas nos tocam quando, depois do impacto inicial, e já no nosso ambiente, no nosso espaço, no nosso aconchego, nos sentimos desconfortávaveis com histórias como as da Fátima ...
Nem sei quem tornar alvo da minha intima raiva, se da Comissão de Protecção(???!!)), se do (animal)agressor, se da sociedade vizinha que não denuncia, se de mim que acho os meus (parvos)problemas um drama ...
Enfim, Killi aqui fica a minha total concordância com essa sensação de raiva e impotência e jamais de resignação!! um beijo


De Johnny a 15 de Dezembro de 2005 às 19:24
Mas afinal quem é a Fátima????


De bolota a 15 de Dezembro de 2005 às 17:12
Realmente nao há grande coisa a dizer...isto despoleta-me um turbilhão de sentimentos...Como é possivel? Como posso consolar a Fátima? Como posso evitar o que aconteceu? Sou impotente para evitar o que vai acontecer?


De igara a 15 de Dezembro de 2005 às 16:57
Oh Killi, que cena...sabes uma coisa? Gosto de ti. Agora fiquei sem palavras para dizer mais nada...ler-te é mais que suficiente. A verdade, é que cada vez estas coisas acontecem com mais frequência, e que jamais estaremos preparados para tentar sequer entender. Olha, beijo doce ::)))


Comentar post

falar de tudo não dizendo nada!
mais sobre mim
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Voltei, voltei...voltei d...

Actualidades

limpeza etnica

Mulheres fora do Futebol

no meu tempo é que era (r...

Halls Mentholiptos

voltei voltei....

Brokeback Mountain

Gerações???Mas que geraçõ...

no meu tempo é que era!

arquivos

Abril 2012

Setembro 2008

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

blogs SAPO
subscrever feeds